oilwatchlogo
 
Inicio   |   Contactar   |   Buscador
Suscríbete al RSS feed o a nuestra lista de correo
 
BRASIL - Empresa vaza 400 litros de óleo para o Rio Saracuruna, atingindo a fauna e a flora Imprimir E-mail
Petróleo en Latinoamerica - Brasil
Lunes, 01 de Diciembre de 2014 11:25
Autor: Prefeitura Duque de Caxias

Técnicos da secretaria de  Meio Ambiente de Caxias vistoriam  o Rio Saracuruna avaliando o vazamento de óleoA secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento (SMMAAA), de Duque de Caxias notificou a empresa Tasa Lubrificantes, a apresentar um plano imediato de recuperação da fauna e da flora e limpeza dos afloramentos rochosos que ficaram impregnados com óleo contaminado, após o acidente com um caminhão tanque da companhia, na BR-040, altura do quilometro 94, nesta segunda-feira (3/11), onde ocorreu o vazamento de cerca de 400 litros de óleo para a galeria de água pluviais que desaguam no Rio Saracuruna.

Com o acidente, parte do óleo que vazou parou na galeria de drenagem da rodovia, entre os Km 94 e 95. O produto desceu rumo ao leito do Rio Saracuruna, formando vários pontos de acumulação, bolsões, com uma película espessa em alguns pontos, impactando diretamente a fauna e a flora em uma extensão aproximadamente de cinco quilômetros.

Técnicos da secretaria de Meio Ambiente de Caxias vistoriam o Rio Saracuruna avaliando o vazamento de óleo

O Departamento de Fiscalização e Controle Ambiental realizou varredura nos primeiros dois quilômetros daquela via, e se deparou com um Mergulhão-Caçador (Podilymbus Podiceps), completamente petrolizado. A ave foi resgatada, e com a ajuda de dos biólogos Marcelo Manhães Amorim, Michele Reis, Luciana de Oliveira e do técnico ambiental Leandro Vidal foi limpa, alimentada, garantindo sua recuperação e, posteriormente, solta.

Os técnicos da secretaria de Meio Ambiente de Duque de Caxias visitaram cerca de 300 residências informando sobre a proibição do isso da água do rio. Após o controle ambiental do local, a equipe fez um registro de ocorrência contra a empresa na 61ª DP, por prática de crime ambiental.

Mergulhão coberto de óleo foi resgatado pela equipe da secretaria de Meio Ambiente-1

Participaram da vistoria no Rio Saracuruna, equipes do Instituto Estadual de ambiente (Inea), do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da secretaria municipal de Defesa Civil e da Guarda Municipal (GM).