oilwatchlogo
 
Inicio   |   Contactar   |   Buscador
Suscríbete al RSS feed o a nuestra lista de correo
 
BRASIL - Relatoria de DH ao Meio Ambiente da Plataforma Dhesca solicita garantias urgentes para Alexandre Anderson, Daize e pescadores da AHOMAR Imprimir E-mail
Petróleo en Latinoamerica - Brasil
Jueves, 20 de Septiembre de 2012 18:53
A Relatoria de Direito Humano ao Meio Ambiente da Plataforma Brasileira de Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais - Plataforma Dhesca Brasil - enviou ontem carta ao Secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro, Antonio Claret Campos Filho, cc para a Subsecretária de de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Andrea Sepúlveda Brito Carotti, solicitando ação urgente para garantir o retorno seguro dos Defensores de Direitos Humanos Alexandre Anderson e Daize Menezes de Souza à sua casa, família e companheir@s de luta, em Magé.

Alexandre e Daize estão desde o dia 3 de agosto escondidos em hotéis do Rio de Janeiro, sem segurança e em condições precárias, afastados de suas vidas e de sua luta na AHOMAR e contra o COMPERJ, enquanto a Secretaria adia sucessivamente a solução para seu retorno a Magé e a investigação de quatro mortes e dois desaparecimentos de outras lideranças da AHOMAR. Abaixo, a íntegra da carta, data de ontem, 6 de setembro de 2012. O endereçamento foi por nós colocado no final. TP.

Ref: situação de defensores e defensoras de direitos humanos da Associação Homens e Mulheres do Mar, Rio de Janeiro

Prezado Senhor Secretário,

A Relatoria de Direito Humano ao Meio Ambiente da Plataforma Brasileira de Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais - Plataforma Dhesca Brasil - vem por meio desta solicitar da Secretaria de Estado Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro garantia de segurança e proteção dos defensores e defensoras de direitos humanos da Associação Homens e Mulheres do Mar (Ahomar), com especial urgência de Alexandre Anderson e Daize Menezes de Souza, ambos incluídos no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos (PPDH).

A Plataforma Dhesca, através de suas Relatorias de Direitos Humanos acolhe, averigua e monitora denúncias de violações de direitos e por isso goza de ampla legitimidade da sociedade civil. Neste sentido, no dia 05 de Setembro do ano corrente, nos chegou a informação de que o defensor Alexandre Anderson de Souza e a defensora Daize Menezes de Souza, estão fora do seu local de moradia no município de Magé, desde o dia 3 de agosto por falta de segurança e garantia do Estado de que as suas vidas serão protegidas. Estamos cientes de que essa denúncia está inserida no âmbito dos conflitos socioambientais ainda não resolvidos pelo Estado do Rio de Janeiro, envolvendo os pescadores e pescadoras artesanais da Baía de Guanabara, lideranças da Ahomar no município de Magé e atividades petroleiras naquela região, situação que apresenta graves violações de direitos, incluindo ameaça e e risco de morte de comunitários. Daí se justificando a própria presença do PPDH.

Preocupada com essa situação, esta Relatoria solicita informações e agilidade por parte desta Secretaria em torno das questões apresentadas abaixo:

O retorno com escolta policial do defensor Alexandre Anderson de Souza e da defensora Daize Menezes de Souza para Magé com garantia de segurança e proteção conforme é de responsabilidade do Programa Estadual de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos e desta Secretaria;
Acompanhamento das investigações por parte desta Secretaria dos assassinatos de Paulo Santos Souza, Márcio Amaro, Almir Nogueira de Amorim e João Luiz Telles Penetra, tendo em vista a identificação e responsabilização dos executores e mandantes destes crimes;
Acompanhamento das investigações por parte desta Secretaria das ameaças dirigidas aos pescadores e pescadoras artesanais da Baía de Guanabara e as lideranças da Ahomar;
A Institucionalização do Programa Estadual de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos através da publicação do decreto assinado pelo Governador Sérgio Cabral.
Certas de que o senhor Secretário e a sua Secretaria tomarão as providências necessárias para solucionar as questões aqui registradas e garantir a segurança e proteção do defensor Alexandre Anderson e da defensora Daize Menezes de Souza, assim como das outras lideranças da Ahomar e pescadores e pescadoras artesanais da Baía de Guanabara, vítimas de ameaças de morte, desde já agradecemos e nos colocamos à disposição para maiores esclarecimentos, se necessário.

Atenciosamente,

CRISTIANE FAUSTINO DA SILVA
Relatora Nacional para o Direito Humano ao Meio Ambiente
Plataforma Dhesca Brasil
Fone: (85) 88377665 - Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla

 

MICHÈLE SATO
Relatora Nacional para o Direito Humano ao Meio Ambiente
Plataforma Dhesca Brasil
Fone: (65) 3615 8431- Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla

FABRINA FURTADO
Assessora da Relatoria Nacional para o Direito Humano Humano ao Meio Ambiente
Plataforma Dhesca Brasil
Fone: (21) 81070991 - Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla

-

Endereçamento:

Ao Senhor Antonio Claret Campos Filho
Secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos

C/C Senhora Andrea Sepúlveda Brito Carotti
Subsecretária de de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos

Praça Cristiano Ottoni , s/nº - 6º andar - Central do Brasil
Centro, Rio de Janeiro
RJ, Brasil 20.221-250

 

FUENTE: www.racismoambiental.net.br