oilwatchlogo
 
Inicio   |   Contactar   |   Buscador
Suscríbete al RSS feed o a nuestra lista de correo
 
BRASIL - ECUADOR: Equador é a mais nova ameaç a para a Petrobras Imprimir E-mail
Petróleo en Latinoamerica - Brasil
Miércoles, 04 de Octubre de 2006 17:57


Equador é a mais nova ameaça para a Petrobras Vejam matérias:

Valor Econômico

Equador é a mais nova ameaça para a Petrobras

A onda nacionalista que já atingiu interesses da Petrobras na Bolívia
ameaça agora afetar os negócios da empresa no Equador. Políticos e
movimentos sociais equatorianos pediram a cassação das licenças de
exploração da companhia no país. O caso ocorre num momento em que o
favorito na corrida presidencial de 15 de outubro, Rafael Correa,
endurece o discurso em favor de maior intervenção do Estado na economia
e pela convocação de uma Constituinte para "redesenhar o Equador".


Veja matéria completa no link abaixo:

http://www.linearclipping.com.br/rbrasil/detalhe.asp?codnot=98582


------------------------------------------------------------------------------------

Gazeta Mercantil


Reeleição reforçará prestígio da Petrobras

Como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva parece estar bem posicionado
para se reeleger no pleito do próximo domingo, segundo mostram as
recentes pesquisas de opinião, são poucos os que acreditam em
importantes mudanças na política energética. Isto significa que os
lucros e a produção de petróleo continuarão crescendo na Petrobras e o
governo provavelmente não interferirá nas decisões do dia a dia da
empresa. Entretanto, sua total privatização, que poderia trazer lucros
ainda maiores, parece fora de questão, e as petrolíferas estrangeiras
continuarão a desempenhar um papel menos expressivo no setor petrolífero
brasileiro.


Veja matéria completa no link abaixo:

http://www.linearclipping.com.br/rbrasil/detalhe.asp?codnot=98755



-------- Mensaje original --------                                                            
Asunto: Equador é a mais nova ameaç a para a Petrobras
Fecha: Wed, 04 Oct 2006 15:07:39 -0500
De: Oilwatch - Protected areas < Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla >
Para: yasuni < Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla >, yasuni 3 < Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla >